02/05/2018

Ex-homossexuais saem nas ruas para dar testemunho de libertação em Jesus

Homens e mulheres que deixaram a homossexualidade, estarão participando de uma marcha em prol da Liberdade, anunciando que Jesus Cristo pode transformar um gay em hetero

Um grupo de homens e mulheres que deixaram a homossexualidade, incluído um sobrevivente de um tiroteio na boate Pulse em Orlando, se reunirão em Washington, capital dos Estados Unidos, para participar de um evento no próximo fim de semana para anunciar Jesus Cristo.

Participantes de todo o país se encontrarão no Teatro Nacional Sylvan, das 12h às 15h, no dia 5 de maio, para a realização da Marcha da Liberdade.

Daren Mehl, presidente do grupo Voice of the Voiceless, diz que vê “o evento como uma oportunidade para aqueles que têm uma nova vida com Jesus e se unirão em comunhão para louvá-lo pelo amor e graça disponíveis para todos que buscam e para testemunhar publicamente a graça da mudança de vida disponível para deixar a identidade LGBT para algo maior “.

Mehl, 40, é um nativo de Minnesota que se identificou como homossexual por cerca de 10 anos. Hoje ele é casado com uma mulher e tem dois filhos. Ele também estará na marcha.

“Jesus nos instrui a amar os outros como amamos a nós mesmos“, disse ele quando perguntado sobre o que espera que este evento comunique à comunidade LBGT, muitos dos quais foram feridos pela religião.

Quando alguém vomita ódio contra outra pessoa, ela claramente não está operando de acordo com o Espírito Santo”, disse Mehl. “É muito triste quando isso acontece e espero que os cristãos que o fizerem se arrependam e se reconciliem com os que se machucaram.”

Ele disse ao Christian Post que quando ele encontrou o Evangelho, todo o seu sistema de valores, propósito de vida e crenças sobre quem ele é, mudou, incluindo sua identidade sexual. “Jesus me pediu para entregar minha identidade a seus pés e entregá-la a um novo nEle. Eu decidi que a etiqueta gay e estilo de vida não se alinham com a minha identidade desejada como um cristão”, disse ele.

Ele acredita que esta Marcha da Liberdade é necessária para mostrar as muitas vidas que antes eram LGBT, mas que foram transformadas por Jesus e encorajam aqueles que estão lutando com sua sexualidade e estão procurando por respostas, muitos dos quais muitas vezes sentem que estão sozinhos.

“Eles não estão sozinhos“, disse Luis Javier Ruiz, sobrevivente do massacre de junho de 2016 na boate Pulse, em Orlando, Flórida, onde 49 pessoas foram mortas por Omar Mateen, no que na época era o pior tiroteio em massa da história moderna americana, ele participará da manifestação em 5 de maio.


FONTE. https://www.portalpadom.com.br/ex-homossexuais-ruas-testemunho-libertacao-jesus/

09/04/2018

Vaza áudio de avião que conduziu Lula: ‘Leva e não traz nunca mais!’

A FAB confirma, em nota, que diálogo é verdadeiro, mas assegura que a fala não foi dita pelo controlador de tráfego aéreo


Um áudio vazado neste domingo (8) mostra diálogo em que uma pessoa não-identificada diz a piloto que levava Lula a Curitiba: “leva e não traz nunca mais!”.

A conversa com o comandante da aeronave PR-AAC, que levou o ex-presidente do aeroporto de Congonhas a Curitiba na noite de sábado (7), teve sua veracidade confirmada pela Força Aérea Brasileira (FAB). A instituição nega, contudo, que a fala tenha sido proferida pelo controlador de tráfego aéreo.“

Confira a íntegra da nota da FAB:

A comunicação apresentada é verdadeira e ocorreu instantes antes da decolagem da aeronave PR-AAC do aeroporto de Congonhas na noite de sábado (07/04).

Entretanto, podemos assegurar que a observação ao final do áudio em questão não foi feita pelo controlador de tráfego aéreo.

Ressalva-se que a frequência utilizada para essas comunicações aeronáuticas é aberta, por isso quem estiver conectado pode ouvir e falar. Porém, as regras de tráfego aéreo orientam que os usuários se identifiquem, o que evidentemente não ocorreu neste caso.”

04/04/2018

Uma Igreja em Guerra

O clima de guerra no circuito apostólico.

Então, lhes disse: Agora, porém, quem tem bolsa, tome-a, como também o alforje; e o que não tem espada, venda a sua capa e compre uma.  Pois vos digo que importa que se cumpra em mim o que está escrito:  Ele foi contado com os malfeitores.   Porque o que a mim se refere está sendo cumprido.
Lucas 22:36‭-‬37

Não podemos separar este texto do assunto tratado no capítulo. Jesus acabara de revelar a presença de um traidor infiltrado no seu círculo mais íntimo. Para aquecer ainda mais o clima, alguns de seus discípulos brigavam por posições. Espionagem, hierarquia militar são assuntos comuns em um grupo que tentava tomar o poder. O sonho dos judeus era o cumprimento de profecias que prometiam transformar Israel na cabeça das nações.
Os primeiros discípulos de Cristo já sonhavam com suas futuras conquistas e nomeações ao invés de enxugar a máquina administrativa do Reino. Só esqueceram que em sua insurreição teriam de lutar contra Roma o maior império do mundo da época.
Jesus foi incitado a participar disso como líder máximo. A situação era cômica, o que levou Jesus a mostrar o quão ridículo, épico e imaginário seria aquela briga contra Nero.
Entendo que o Senhor foi um tanto sarcástico ao dizer mais ou menos o seguinte: Quer começar uma guerra, então vendam suas capas muito usadas no desapego, comprem espadas enferrujadas e encarem com isso, o exército romano. Não calcularam possíveis perdas, pois os romanos possuiam o arsenal mais moderno e mais destruidor que existia na Época. Equivale a Coreia do Norte desafiar os Estados Unidos.
É possível que o dinheiro gerado pela venda das capas só pudesse adquirir velhas espadas sem corte, e colocá-las nas mãos de soldados inaptos. Pedro provou no Getsemani a sua incompetência para o combate ao usar uma das espadas que possuíam para cortar a cabeça de Maluco, mas o máximo que conseguiu foi acertar na orelha.
Aí Jesus termina a conversa dando a entender, que 2, 3, 20 ou 100 não daria nem pra saída neste tipo de batalha e explica o motivo dizendo o seguinte: Pois vos digo que importa que se cumpra em mim o que está escrito: Ele foi contado com os malfeitores. Porque o que a mim se refere está sendo cumprido (Lucas 22:37).

Ele veio para morrer e não para lutar, veio para perder e não para ganhar.

Jesus disse aos seus discípulos para não saírem a guerra, sem antes avaliar suas possibilidades de vitória.

Ubirajara Crespo

A Bíblia do Guerreiro, a estação de tratamento e abastecimento onde você precisa parar todos os dias. O remédio mais eficaz para tratar o seu coração é a Palavra de Deus.