19/09/2017

Como funciona o poder de Deus em nós?

Cabelos grisalhos (שיב, syb). Agora, pois, eis que o rei vai adiante de vós. Eu já envelheci e encaneci, e eis que meus filhos estão convosco, e tenho andado diante de vós desde a minha mocidade até ao dia de hoje.

1 Samuel 12:2



Samuel tinha espelho em casa e sabia, que a sua liderança seria ofuscada pelo rei, que ele mesmo escolheu para guiar o povo. No final da sua carreira fez uma auto avaliação. Não por despeita pelo fato de precisar dividir a liderança, que antes lhe era absoluta, mas para mostrar, que seu exemplo de abnegação deveria ser seguido por todos.Aqui está Samuel desafiando o povo a acusá-lo de ter se aproveitado da sua posição de liderança para proveito próprio. Poucos teriam coragem de agir assim. As capacitações recebidas de Deus foram usadas em favor do povo e não dele. 

No Reino de Deus, a posição é conquistada mediante procedimento e não com títulos. Samuel é um exemplo de irrepreensibilidade. 

Unção não é posição nem poder para governar, é capacitação para um serviço humilde, mas produz faísca e alguns se encantam com ela. O Diabo costuma entrar onde não foi chamado e o faz com o objetivo de nos desviar da essência do dia ministério. 

A tentação maior nesta área é a de receber poder para subir no palco, ganhar notoriedade e aparecer. O problema maior nessa área é apelar para a balança das compensações, achando que o peso maior está com os resultados visíveis como as multidões, a visibilidade do Evangelho. Quando isto acontece, as transformações interiores deixam de representantes o peso que deveriam ter em nossos corações. Não há como resolver este é outros problemas interiores, sem que reconheçamos a sua gravidade e a necessidade do tratamento.

Assim como a eletricidade, gera energia produtiva, o poder de Deus é capaz capaz de nos mover em direção ao outro, nos aproximando por baixo e não acima. Poder divino é para ser repartido e não concentrado em uma só pessoa e não nos leva a girar a m torno de nós mesmos. Recebo poder para ajudar o outro e não para o meu desfrute. A unção que está em mim não é minha, é sua e de todo o corpo de Cristo. A unção que está em você é de todos nós, não sua. 

Você é apenas um depósito e transmissor, não o gerador. A glória é somente para quem a gerou e distribuiu.

UbiraCrespo 

14/09/2017

Seres dependentes e carentes, mas revoltados

Versículo do Dia. Somos seres dependentes e não auto existentes. Fomos incapazes de planejar o nosso nascimento e não seremos capazes de prever a nossa morte. Para que existíssemos, foi necessária a intervenção criativa de um ser auto existente, não emanente, eterno e disposto a jorrar a sua própria vida para fora de si.


Ele é a fonte que, nos criou e nos capacitou para extrair o nosso sustento da natureza, um maravilhoso sistema auto sustentável e capaz de manter a vida que explodiu de dentro do seu coração. Ele mesmo, não precisa deste sistema mantenedor, pois ao contrário de nós a sua vida não emana desta fonte, mas de si mesmo, por isso é chamado de "o imanente".

Aconteceu, porém, que uma semente corruptível penetrou na alma humana e nos levou a abandonar o convívio Pacífico com a natureza. Seu funcionamento estsva ligado no automático, o que a tornava auto sustentável, mas não auto existente. Esta semente gerou frutos ruins e um deles nos levou a pensar que sabíamos administrar isso melhor do que Deus. Foi assim que introduzimos novos botões, máquinas e alteramos a composição da atmosfera, das águas e da terra e de seus frutos. Antes de tudo isso acontecer, "tudo dava". 

Alteramos até o manual do fabricante e mudamos a nossa própria composição física, mental e emocional, introduzindo em nossa alma aspirações que provocaram um grave desequilíbrio na composição das forças da natureza. Alteramos até a nossa condição de criaturas. Mudamos o rumo da vida e estamos prestes a esterminá-la. Em outras palavras, montamos uma vida separada de Deus e um sistema auto destrutivo. Proeza, que nem um jumento atolado conseguiria fazer. Este é o modo como descrevo a queda dos filhos de Adão.

Só mesmo nascendo de novo. Isto só ocorrerá se plantarmos uma nova semente em nossa alma, a semente incorruptível, aquela que pode nos levar de volta para o início de tudo. 
Esta semente é Jesus.

#versiculododia #Bíblia #meditacao #estudobiblico #Bíbliadeestudo #BibliadoGuerreiro #NovoHomem #natureza

10/09/2017

Namoro ou amizade. Casamento e/ou homo afetividade?

Quem procura, desesperadamente, pescar justificas interlineares, acha. Grupos religiosos interessados em justificar suas posições, tentam forçar o texto a dizer, que o amor existente entre Rute e Noemi, Davi e Jonatas, Jesus e João constituem uma indicação de homo afetividade.

▶ Rute 1.15. Pelo que disse Noêmi: Eis que tua concunhada voltou para o seu povo e para os seus deuses; volta também tu após a tua concunhada. 16. Respondeu, porém, Rute: Não me insistes a que te abandone e deixe de seguir-te. Porque aonde quer que tu fores, irei eu; e onde quer que pousares, ali pousarei eu; o teu povo será o meu povo, o teu Deus será o meu Deus.

Deixe o texto falar por si próprio, sem lhe impor, palavras ou conotações, que não estão claras no texto. Rute e Noemi demonstram que o amor entre pessoas do mesmo sexo existe, e deve continuar existindo, mas não estimulam o cultivo do desejo sexual entre eles. É preciso levar em conta, que este texto tem valor narrativo e não normativo. As insistentes tentativas de pescar de heresias em águas povoadas por textos narrativos, não costuma fornecer material consistente. É como jogar o anzol em águas rasas, e depois de fisgar um sapato no mar, deduzir que é uma nova espécie de peixe.

Uma interpretação alegórica está sempre sujeita a manipulações tendenciosas, influenciadas pela necessidade de justificar nosso comportamento. Quem se atira nestas águas poderá afundar sua mente em rodamoinhos capazes de afundar suas vítimas em regiões abissais. Para apaziguar nossa consciência terá de usar a imaginação para adaptar a Bíblia ao seu comportamento. Alguns teólogos tentam tirar da Bíblia, declarações que, segundo eles, deveriam estar lá. As chaves iterpretativas usadas por esta escola, foram construídas em oficinas existencialistas e froidianas, onde sonhos viram realidade.

Deixe a Bíblia falar, sem lhe impor suas tendências pessoais e a necessidade de aliviar a sua consciência de algum pecado. Isto é difícil de fazer, mas pode se transformar em um processo de libertação de si mesmo que exija algum desapego.
.........
▶ Rute 1.16. ... aonde quer que fores, irei eu e, onde quer que pousares,ali pousarei eu; o teu povo é o meu povo, o teu Deus é o meu Deus.

Esta é uma declaração feita por Rute à sua sogra, que tem sido aplicada ao relacionamento conjugal. O nível de compromisso, entre amigos, pode até alcançar alguns parâmetros semelhantes aos de um casamento, mas sem chegar ao ponto de serem uma só vida e carne. O casamento de Rute com um dos filhos de Noemi, trouxe para a vida dela, não apenas as alegrias da família, mas também as suas tragédias. A vida conjugal divide alegrias e tristezas, saúde e doença, o investimento é total. O compromisso gera uma predisposição para o acerto, enquanto sua falta produz predisposição para a separação.

Não se começa uma viagem se o roteiro não estiver bem definido. O que começa mal, termina mal. A casa cai quando construída sobre bases gelatinosas. Quem deseja acertar, não tem como errar. Devemos estar dispostos a qualquer tipo de sacrifício para que todos os ajustamentos necessários aconteçam.

É sempre mais cômodo desistir e recomeçar com outra pessoa, em outra casa e em outra cidade. Não adianta fazermos mudanças exteriores drásticas antes de processarmos mudanças interiores radicais. Fatalmente, veremos os mesmos problemas acontecerem novamente com outra pessoa, em outra casa e em outra cidade.

Não resolvemos nossos problemas de foro íntimo trocando de cônjuge. A fuga não é a solução. Não se resolve uma dificuldade de relacionamento fazendo de conta que ela não existe, mas enfrentando-a. Nossa tendência é transferir a culpa de nossos problemas de relacionamento para o outro. Dificilmente, assumimos a parte que nos cabe.

Ubirajara Crespo

A Bíblia do Guerreiro, a estação de tratamento e abastecimento onde você precisa parar todos os dias. O remédio mais eficaz para tratar o seu coração é a Palavra de Deus.