03/01/2013

A libertação do Egito

TEXTO: “... eu sou o Senhor, e vos tirarei de debaixo das cargas do Egito, e vos livrarei da sua servidão” (Êx 6.6, ARA).

COMENTÁRIO: Deus reconhece o sofrimento de Seu povo (Êx 3:7), mas permitiu que experimentasse a dor a fim de despertá-lo (Hb 12:11). Sob servidão, o povo invocou o Todo-poderoso (Êx 3:9). Moisés e Arão foram até faraó, e este, temendo perder sua mão de obra escrava, foi categórico: “Não conheço o Senhor, nem tampouco deixarei ir a Israel” (Êx 5:2, [ARA]).

Por amor ao seu povo, Deus promete livrá-lo e ampará-lo. A proposta feita por Jeová é muito diferente da proposta de Faraó, que é amparado por alguns teólogos como uma figura do diabo. Jeová alivia cargas, enquanto o diabo aumenta o seu peso e oprime cada vez mais. Esse mesmo Deus é o que, por meio de Jesus Cristo, nos tira de baixo do jugo do pecado. Não é Deus o nosso opressor, mas o diabo, o qual é autorizado a nos oprimir quando pecamos. Nós mesmos abrimos a porta.
Ubirajara Crespo
A Bíblia do Guerreiro, a estação de tratamento e abastecimento onde você precisa parar todos os dias. O remédio mais eficaz para tratar o seu coração é a Palavra de Deus.