27/07/2016

O teste definitivo

Você Passaria neste teste?

“Passado algum tempo, Deus pôs Abraão à prova, dizendo-lhe: “Abraão!” Ele respondeu: “Eis-me aqui”. Gênesis 22:1 

Depois dessas coisas, pôs Deus Abraão à prova (אחר) e lhe disse: Abraão! Este lhe respondeu: Eis-me aqui! Gn 22

A palavra hebraica traduzida aqui como "por à prova" é אחר (achar). Cujo significado é atrair para uma situação onde a pessoa será provada. No caso de Abraão, tinha a ver com a sua capacidade de obedecer, um item no qual o pai de uma multidão, ainda não havia tirado nota dez. Saiu de Ur, como Deus havia mandado, mas fez um filho com Agar, empregada doméstica de sarai. Foi para a Terra que Deus disse que ainda lhe mostraria, mas ofereceu eliezer como substituto do filho que puxaria a sua descendência. Duvidou que a promessa fora feita para o casal e não só para ele. Mentiu para abimeleque, rei filisteu, o que significava abrir mão de sara, sua esposa, por acreditar, que ela era dispensável para o cumprimento da promessa.

Quem não acredita, também não obedece. A ordem de oferecer seu filho como uma oferta, parecia o equivalente a dizer a Abraão, que abandonasse o projeto no qual investira o melhor da sua vida. Holocausto עלה (Olah) significa "oferta queimada", isto é, totalmente consumida. 


Talvez aquele homem tenha chegado ao ponto de orar assim: "Senhor, tu me fizeste chegar até aqui, só para carregar um pote cheio de cinzas do meu filho, e guardá-lo como como lembrança do meu fracasso? "Ora, se a promessa fora feita a Isaque, então Deus daria um jeito, e o ressuscitaria.

Veja quais são as pessoas com quem Deus se comprometeu: "... aliança que fez com Abraão, e do seu juramento a Isaque" (1Cr 16.16). Abraão creu em Deus, e com isto garantiu a continuidade do projeto de Deus.

Na hora H, ocorreu mais uma teofania, manifestação divina na forma mais conveniente para o momento. Neste caso, ocorreu na forma de um anjo, cujo papel foi impedir que o sacrifício fosse consumado. Era uma teofania porque o anjo falou como se o sacrifício fosse oferecido a ele: "não me negaste teu filho, teu único filho" (Gn 22.10-13). 

Obediência extrema é o que Deus pede de todos os seus servos. As vezes ele nos põe à prova, porque não entregaria seus negócios em mãos vacilantes. Abraão mostrou que havia chegado exatamente onde Deus o queria.

Abraão finalmente aprendeu sobre a morte substitutiva do Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo. Este seria o seu descendente futuro, capaz de abençoar quem o abençoasse. Jesus Cristo seria o descendente de Abraão que abençoaria todas as nações. Foi para entender isso, que Deus atraiu Abraão até ali.



Ubirajara Crespo 
A Bíblia do Guerreiro, a estação de tratamento e abastecimento onde você precisa parar todos os dias. O remédio mais eficaz para tratar o seu coração é a Palavra de Deus.