26/07/2017

Que tal trocar barriga grande por cabeça útil?

Estudo do livro de Juízes, capitulo por capitulo. Jz 7.2. Os mais poderosos tendem a se tornar menos dependentes de Deus. Se crescimento do número de seguidores significar geração de muitas pessoas inoperantes, apenas aumentaremos o tamanho da nossa inutilidade. Talvez devamos nos preocupar menos com o número e passarmos a focar na geração de cristãos de qualidade. Deus não parece ser muito chegado a recenseamentos, principalmente do tipo que deixa a gente se sentido a maioria. A maioria mais ôca do país. Davi foi um que tentou calcular o número daqueles que estavam com ele, e não se deu nada bem.

Pode ser melhor ficarmos com duas dúzias de cristãos comprometidos, do que milhões de religiosos reunidos em torno do repleplé e do foguetório litúrgico de origem duvidosa, mas totalmente descompromissados com Cristo. Aqueles que enfiaram o rosto na água, se entregaram tão avidamente ao ato de saciar a sua sede, que se esqueceram da guerra ao seu redor, se tornaram vulneráveis à luta ao seu redor. Os que levaram a água até sua boca, continuaram atentos e se mantinham como observadores, cientes de que a sua missão era mais importante do que suprir uma necessidade imediata, mas passageira. A água estaria sempre lá, e sempre à vista, mas o inimigo espreita por detrás da moita, durante uma conversação torpe, em um olhar malicioso na mente distraída. Somente  os vigilantes vencerão.

Pelo andar da carruagem, me parece ser este o caminho a ser trilhado por alguns formatos religiosos. Tire por si mesmo... se achar, que na hora do aperto, Jesus poderia confiar em milhões de religiosos como você, então diga glória a Deus. O numero dos salvos já foi previsto e determinado no Livro da Vida e provavelmente não confere com o número de pessoas arroladas nas agremiações religiosas consideradas boas. Também é possível, que haja muitas pessoas praticando o cristianismo correto, apesar de estarem arroladas na agremiação religiosa errada (LeitComp Js 7.13).
.............

Jz 7.15. (ישראל) Yisra’el: Israel = “Deus prevalece”. Este nome foi dado a Jacó por Deus depois de sua luta com o anjo em Peniel e passou a ser o nome dos descendentes e a nação descendentes de Jacó. Foi assim chamada ate que houve a divisão do Reino, Ficando Israel para as tribos do Norte e Judá para o Sul. A história mostra que Deus prevalece, mas a nação não se comportou a altura de seu Senhor e desistiu de segui-lo, uma condição que perdura ate hoje. Deus continua com o mesmo propósito de antes enquanto Israel anda titubeante, sem aceitar a Jesus como seu Messias, condição esta, que não prevalecerá eternamente. Os propósitos de deus prevalecem, ele não muda no meio do caminho, pois ja planejou o melhor, haja visto, que é Deus onisciente, e tem como avaliar todas as variáveis passadas, presentes e futuras, coisa que não temos como avaliar.

Ubirajara Crespo

#grandeza #crescimento #dependenciadeDeus #soberba #mutidoes 
A Bíblia do Guerreiro, a estação de tratamento e abastecimento onde você precisa parar todos os dias. O remédio mais eficaz para tratar o seu coração é a Palavra de Deus.