01/02/2012

SINOPSE DO LIVRO DE DEUTERÔNOMIO

SINOPSE: Deuteronômio é o quinto livro da Bíblia. Faz parte do Pentateuco, os cinco primeiros livros bíblicos, cuja autoria é, tradicionalmente, atribuída a Moisés e tem 34 capítulos.

O nome “Deuteronômio” deriva do título grego usado na Septuaginta, Deuteronómion, que significa literalmente “Segunda Lei, Repetição da Lei”. Vem da tradução grega de uma frase hebraica em Deuteronômio 17.18, mishnéh hattohráh, corretamente traduzida por “um traslado desta lei”.

Contém os discursos de Moisés ao povo, no deserto, durante seu êxodo do Egito à Terra Prometida por Deus. Os discursos contidos nesse livro, em geral, reforçam a idéia de que servir a Deus não é apenas seguir a sua lei por obrigação, mas também por amor: “Amarás ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma, e com todo o teu entendimento”.

Outra ênfase do livro é que existe o “caminho da bênção e o caminho da maldição”. Deus orienta o seu povo a decidir pelos seus mandamentos, pois está na obediência a garantia de permanecer no tumo da bênção. Não existem atalhos ou caminhos alternativos. Fora deste rumo está a maldição. Uma promessa Deus fez: Caso se arrependessem e voltassem a seguir de coração ao Senhor, ele se arrependeria e perdoaria o povo.
A Bíblia do Guerreiro, a estação de tratamento e abastecimento onde você precisa parar todos os dias. O remédio mais eficaz para tratar o seu coração é a Palavra de Deus.