30/05/2016

Como você e Jesus se relacionam um com o outro


Como você se relaciona com Jesus?

João 6.2. E seguia-o uma grande multidão, porque via os sinais que operava sobre os enfermos. 

A multidão o s guia porque Jesus operava milagres. Não eram atraídos por ele, mas pelos seus milagres. Isto poderia levá-los a desenvolver um tipo de fé baseada naquilo que ela pudesse fazer por eles. Ora, a fé proposta por Cristo exigia um envolvimento pessoal com, uma relação de compromisso mútuo, dele para com os seus seguidores e dos seus seguidores para com ele. Dependia mais do que um estava disposto a fazer pelo outro do que um poderia receber do outro (Veja V. 35).

Foi então, que Jesus operou dois milagres de avaliação, ou seja, do tipo que lhe daria condições para expressar como seria o envolvimento que seus seguidores estavam dispostos a desenvolver.

A Multiplicação dos pães e o andar sobre as águas. Ficou claro ali, que as multidões o procuravam para ver se poderiam receber dele, alguma coisa, quando a regra para levantar o sustento pessoal era conquistá-lo com o suor do seu rosto e não enquanto permaneciam sentados na grama esperando uma Multiplicação de pães ou alguma outra surpresa vinda céu (veja Vs.31, 32). Foi este tipo de relacionamento, que os israelitas cultivavam com Moisés, enquanto fugiam do Egito. 

— Moisés, manda descer um Mana. 
— Moisés, manda baixar umas corpóreas.
— Moisés, onde está aquele cheirinho de alho frito? 
— Moisés, cadê o cardápio?

V. 34. Jesus da-os sempre deste pão. Já dei, meu amado, respondeu Jesus. "Eu sou o pão da vida. Não sou apenas uma fábrica de milagres, mas uma pessoa, embora eu possa fazer quantos milagres forem necessários para alimentar nossa relação. Estamos juntos, não por causa dos milagres, mas para servirmos anum propósito, que é fazer a vontade de Deus. 

O resultado desta conversa não poderia ser diferente: "Muitos dos seus discípulos o abandonaram" (v. 66).



Ubirajara Crespo 

A Bíblia do Guerreiro, a estação de tratamento e abastecimento onde você precisa parar todos os dias. O remédio mais eficaz para tratar o seu coração é a Palavra de Deus.