29/05/2017

Não basta conquistar o que você vê, conquiste o que não se vê

A conquista da Terra Prometida Sob Nova Direção
Josué 1.2. Moisés, meu servo, é morto; levanta-te pois agora, passa este Jordão, tu e todo este povo, para a terra que eu dou aos filhos de Israel. 3. Todo lugar que pisar a planta do vosso pé, vo-lo dei, como eu disse a Moisés.
A produção do próximo capítulo da história de Israel estava nas mãos de #Josué e ele desempenhou a sua parte muito bem. Começando por #Jericó, iniciou a retomada de todo o território, que o seu Criador deu por herança à seu pai Abraão. Josué assentou todas as doze tribos em suas terras. Não foi nada fácil, mas conseguiu chegar ao fim da jornada com êxito. O livro inteiro narra uma história de conquistas, que contaram com intervenções decisivas por parte de Jeová. Deus fez a sua parte do contrato, mas aqui, ali e acolá, o povo vacilou, exatamente durante a execução da mais importante de todas as conquistas, que tem a ver com a conquista de seus próprios corações.
Passar o Rio Jordão não era uma missão difícil para um pequeno grupo de turistas em uma embarcação segura, mas desta vez a fila era formada por um grupo composto por cerca de um milhão meio de pessoas. Chegar até ali com tamanha multidão em uma jornada pelo deserto que separava o #Egito da #TerraPrometida, já foi um milagre de bom tamanho. Não era uma passeata no asfalto da Av. Paulista, com microfones, trios elétricos e Bandas Gospel. Precisava de um milagre ainda maior do que secar um rio de tamanho médio, o que não era muito para quem já vira o mesmo ocorrer ao Mar Vermelho. A parte mais difícil estava na outra margem, onde só para começar, precisariam desbancar os gigantes anaquins. Israel conquistou uma terra tangível mas negligenciou o controle de seu próprio coração e de entidades que se moviam no mundo invisível. Deus lhes ordenou, explicitamente, que se livrassem daquilo tudo, mas eles se deixaram contaminar. Isto lhes custou um novo exílio em uma nova Terra, que foi a #Babilônia.
Contra eles pesava a ausência do seu Guia, Moisés. Israel era como uma canoa furada, que naufragou uma geração inteira no deserto e cujos remos caíram nas mãos de Josué. Josué temeu, mas quem não tremeria ao receber a incumbência de guiar este grande navio? Como você reagiria? Josué temeu, e não era pra menos, pois esta foi uma reação muito natural, mas perseverar em acreditar. O temor não é o seu  maior inimigo, mas sim a ausência de fé. Caminhe você também na força que Deus dá e não na fé que o seu coração é capaz de produzir.
V.6,7. Diferentemente de Israel, a #Igreja proliferou em terras que não são suas, ou seja, o mesmo mundo que jaz no maligno, pois os alvos das nossas maiores conquistas estão no Céu. Este só será totalmente conquistado por aqueles que limparem seu terreno interior, assim como Israel deveria ter feito durante a retomada da Terra. Fazemos isto excluindo, sem dó os maus costumes provenientes do sistema religioso produzido nesta terra: em forma violência, mentira, traição, sedução e demais manifestações de entidades que insistem em permanecer no controle de nossas vidas.

Ubirajara Crespo
............

A Bíblia do Guerreiro, a estação de tratamento e abastecimento onde você precisa parar todos os dias. O remédio mais eficaz para tratar o seu coração é a Palavra de Deus.