18/07/2017

Estudo Bíblico sobre Juízes, Capítulo por Capítulo

Juízes 2.2.  "... e, quanto a vós, não fareis pacto com os habitantes desta terra, antes derrubareis os seus altares. Mas vós não obedecestes à minha voz. Por que fizestes isso? Pelo que também eu disse: Não os expulsarei de diante de vós; antes estarão quais espinhos nas vossas ilhargas, e os seus deuses vos serão por laço".

Deus não rasgou a parte do contrato onde prometia total fidelidade aos israelitas, mas estes sim, eliminaram a sua parte no acordo, principalmente onde se exige a destruição dos símbolos religiosos, que abriam espaço para seus antigos deuses. A violação deste compromisso armaria ciladas a serem usadas contra eles mesmos.

A convivência próxima com os hábitos sociais, comportamentais e familiares, que revelavam seu nível de comprometimentos com as trevas, obscureceria o caminho para Deus. A aplicação para hoje, aponta para o secularismo infiltrado em muitos grupos cristãos, diluindo valores eternos. A permissividade por parte da Igreja, abre espaço para um sincretismo comportamental e religioso capaz de fazer com que percamos o rumo traçado por Deus para nós.

O Brasil, considerado como a maior nação católica do mundo não ofereceu muita resistência, para a prática de costumes litúrgicos e dissolução comportamental, importados de cultos pagãos. Os Evangélicos mais liberais abriram as portas para secularização, afrouxaram os cintos e criaram uma ética relativista.

A Igreja repetiu o mesmo erro cometido por Israel e agora convive com os espinhos nascidos nesta planta. O evangelicalismo suportou uma liderança sedenta por fama, dinheiro e poder. Este grupo construiu tronos no vértice da pirâmide administrativa denominacional.

UbiraCrespo

#estudobíblico #BibliadoGuerreiro

A Bíblia do Guerreiro, a estação de tratamento e abastecimento onde você precisa parar todos os dias. O remédio mais eficaz para tratar o seu coração é a Palavra de Deus.