06/01/2012

Premiar/castigar é bom para educação de filhos?

2Rs. 15.34: "E E fez o que era reto aos olhos do SENHOR; fez conforme tudo quanto fizera seu pai Uzias".

O que um pai deve fazer para reproduzir em seu filho um caráter digno? Ser um exemplo já é um bom começo, mas durante o processo de formação, deve aplicar os métodos corretos.

A lei da reciprocidade foi adotada por muitas famílias: "Se obedecer ganha uma bicicleta". "Se lavar o carro ganha um passeio ao zoológico". Alguns tentam manipular o próprio Deus: "Dou o dizimo se o Senhor me devolver 10 x mais". "Canto no coral só se a Marlene me namorar".

Este método tem algum poder de manipulação, mas nem sempre desenvolve hábitos. A criança pode ser transformada em negociante, e jamais sentir o peso da responsabilidade.

Não devemos menosprezar totalmente o método premiar/castigar, mas complementa-lo ensinando nossos filhos a fazer por amor. "Varrerei a sala porque viver em ambiente limpo é saudável para todos, inclusive para mim".

Ubirajara Crespo
A Bíblia do Guerreiro, a estação de tratamento e abastecimento onde você precisa parar todos os dias. O remédio mais eficaz para tratar o seu coração é a Palavra de Deus.